segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Agatha Christie – Biografia – Postagem Especial

Agatha Mary Clarissa Christie
Por Eric Silva.

“A essência da vida é andar para a frente; sem possibilidade de fazer ou intentar marcha a trás.
Na realidade, a vida é uma rua de sentido único.”.
(Agatha Christie)

15 de setembro é o aniversário de 126 ano de nascimento de Agatha Mary Clarissa Christie, mais conhecida como Agatha Christie, the queen of crime, a minha escritora predileta. Como não homenagear uma pessoa cujo o talento sobrevive à força do tempo? Por isso vou falar hoje um pouco desta escritora incrível, que encanta até mesmo aqueles que nasceram muito depois de seu adeus ao mundo.

Biografia

Agatha Mary Clarissa Christie nasceu em 15 de setembro de 1890 com o nome de Agatha Mary Clarissa Miller, na mansão Ashfield, em Torquay, cidade do condado de Devon, Inglaterra, Reino Unido. Foi romancista, contista, dramaturga, poetisa e uma das mais bem-sucedidas autoras de romances policiais, o que lhe rendeu os apelidos de Queen of crime (Rainha do crime) e Lady of crime (Dama do crime).

Nascida em uma família de classe média, Agatha era a caçula dos três filhos do americano Frederick Miller e sua esposa Clara Bohemer. Quando menina seus pais queriam que se tornasse cantora ou pianista, mas ainda na infância a garota mostrava um interesse maior pela literatura, preferindo escrever contos e poemas.

Agatha em sua infância.
Wikimedia Commons
Ao contrário de seus dois irmãos mais velhos, Madge e Monty, Agatha não frequentaria a Escola até os seus 14 anos. Por desejo de seus pais, a menina teve seus estudos ministrados em casa, com tutores e professores particulares, e aprenderia a ler sozinha ainda aos cinco anos de idade.

Em 1896, quando ainda tinha seis anos, a família muda-se para a França onde viveram por entorno de um ano, em hotéis das comunas de Pau, Argelés, Lourdes e Cauterets e também na cidade de Paris, para, depois, retornarem a Inglaterra.

Aos 11 anos perde o pai e passa a viajar em companhia da mãe por vários lugares do mundo, e, aos 16, vai para uma escola de aperfeiçoamento, onde se destaca como pianista e cantora.

Já adulta, a jovem Agatha conhece Archibald Christie em um baile oferecido por Lady Clifford, em 12 de outubro de 1912. Com ele se casaria no ano de 1914 e teriam, em 1919, sua única filha, Rosalind. Archie, como era chamado, foi coronel da Força Aérea Britânica e esteve na Primeira Guerra Mundial. Também Agatha, agora Agatha Mary Clarissa Christie, participaria do conflito como voluntária da Cruz Vermelha, na qual atuou como farmacêutica. Acredita-se que foi nesse período que a autora adquiriu os conhecimentos de porções e venenos que lhe seriam úteis na composição dos enredos de seus romances policiais.

David Suchet interpreta Poirot
na série Agatha Christie's Poirot.
Wikimedia Commons
Dois anos após o fim da Primeira Guerra, em 1920, Agatha Christie publica seu primeiro romance, O Misterioso caso de Styles. Este seria também o livro de estreia de seu personagem mais conhecido, o detetive belga Hercule Poirot. Inspirado em vários políticos belgas que se refugiaram na Inglaterra durante a Primeira Guerra, Poirot apareceria em outros 32 romances da autora e em dezenas de seus contos. Muito sistemático e racional, Poirot, se tornaria um dos mais importantes detetives da literatura mundial, comparável apenas a Sherlock Holmes, de Arthur Conan Doyle.

Em sua autobiografia, Agatha Christie conta que a primeira semente que levou-a escrever seus primeiros livros policiais foi um desafio feito pela sua irmã quando discutiam sobre o livro O Mistério do Quarto Amarelo de Gaston Leroux. Segundo ela o livro havia impressionado as duas pela qualidade de seu enredo e pela capacidade do autor de manter o segredo até o final da narrativa. Na ocasião ao declarar a Madge o seu desejo de um dia escrever uma história policial, a irmã haveria duvidado de que fosse capaz devido à dificuldade imposta pelo gênero. Anos depois Agatha escreveria O Misterioso caso de Styles.

Na manhã de 4 de dezembro de 1926, um carro é encontrado batido contra uma árvore, porém, seus ocupantes estavam desaparecidos. O carro é identificado como pertencente a Archibald Christie e naquele mesmo dia a polícia inglesa descobre que Agatha havia saído na noite anterior sem ter retornado. Naquele dia começaria a investigação do desaparecimento da escritora que só seria encontrada dez dias depois hospedada em um hotel de luxo em Harrogate.

Na capa do jornal Daily Mirror,
de 7 de dezembro de 1926,
o desaparecimento de Agatha Christie 
O caso ganha grande repercussão sendo acompanhado pelos ingleses como se fosse mais uma das histórias de mistério da escritora. Em poucos dias tamanha audiência leva a conhecimento do público o caso extraconjugal de Archibald com Nancy Neele direcionando a ele suspeitas acerca do desaparecimento da romancista.

Mesmo com a descoberta do paradeiro de Agatha, o mistério das razões de seu desaparecimento continua um mistério até os dias de hoje. Devido a confusão mental em que fora encontrada no hotel, onde estivera hospedada usando o sobrenome da amante de Archibald, a versão oficial apresentada pela família foi a de que Agatha Christie havia perdido a memória depois do acidente de automóvel e, em confusão, teria pego um trem até Harrogate e se hospedado no hotel com o nome de Teresa Neele, afirmando ser da África do Sul. Porém, devido à natureza do caso, especula-se outras teorias negativas em relação a autora: estaria ela arquitetando uma vingança pela traição do marido? ou teria armado seu próprio desaparecimento para se auto promover?

Em 1928, a escritora se divorcia do Coronel Archibald, contudo Agatha mantém o seu nome de casada e passa a se dedicar mais intensamente a escrita de seus livros.

O ano de 1930, assim como toda aquela década, seria de grandes mudanças para Agatha e do auge de sua carreira. Naquele ano a inglesa publica O Assassinato na Casa do Pastor, primeiro livro com outro grande personagem das suas histórias, Miss Marple, uma velhinha simpática, muito conhecedora da natureza humana e moradora da pequena e fictícia aldeia de St. Mary Mead. Miss Marple, assim como Poirot se envolve na descoberta de complexos casos policiais e é considerada o alter ego de sua criadora, protagonizando 12 de seus romances. No mesmo ano, Agatha casa-se com Max Mallowan arqueólogo britânico que conhecera durante uma viagem à Mesopotâmia. Com ele a autora faz uma série de expedições arqueológicas pelo oriente médio de onde nasce a inspiração para vários de seus romances, a exemplo de Morte no Nilo (1937).

Agatha Christie com a filha Rosalind (1930) 
No ano de 1952, Agatha estreia em Londres sua peça A Ratoeira, conhecida como a peça que mais tempo ficou em cartaz na história do teatro. Em 1971 é condecorada pela Rainha Elizabeth II com o título de “Dame” do Império Britânico.

Agatha Christie viveria ainda até 12 de Janeiro de 1976, quando, aos 85 anos, morreria na cidade de Wallingford (Oxfordshire-UK) em decorrência de uma pneumonia.

Deixou como legado uma obra composta por 79 romances e livros de contos, 12 peças e 6 romances românticos escritos sob o pseudônimo de Mary Westmacott. Uma escritora inesquecível, uma romancista inigualável, cuja obra já figuram os clássicos da literatura mundial. Particularmente, nasci no ano de seu centenário e hoje, com um misto de prazer e tristeza (por não a ter mais entre nós), evoco sua memória. Thank you very much, Mrs. Christie.




Livros de Agatha Christie no blog

    



Referências

CHRISTIE, Agatha. Autobiografia. São Paulo: Círculo do Livro, 1985.
http://guiadoestudante.abril.com.br/aventuras-historia/misterio-agatha-christie-escritora-desapareceu-10-dias-435804.shtml
https://pt.wikipedia.org/wiki/Hercule_Poirot
http://www.agathachristie.com/
https://pt.wikipedia.org/wiki/Agatha_Christie
http://www.lpm.com.br/site/default.asp?TroncoID=805134&SecaoID=948848&SubsecaoID=0&Template=../livros/layout_autor.asp&AutorID=608190
http://educacao.uol.com.br/biografias/agatha-christie.htm

http://www.cin.ufpe.br/~pmgj/agatha/biografia.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...